Email







Choose Note

Instructions :



... O vislumbre momentâneo do eu verdadeiro não é a experiência suprema. Há uma outra ainda mais maravilhosa pela frente. Nesta, ele será içado por aros invisíveis de ampla compaixão altruísta para com todas as criaturas viventes…
Source: The Notebooks of Paul Brunton
• Ouvir


... Nova vida nasceu dentro dele, mas ainda está no estágio embrionário. Esses vislumbres o tornam consciente da existência de seu ser espiritual, mas não o tornam unido àquele eu. Cumprem a sua finalidade principal se o despertarem do sono nos sentidos ou do engano pelo intelecto...
Source: The Notebooks of Paul Brunton
• Ouvir


... A ideia de que ele tem um eu superior, a convicção de que tem uma alma, invade sua pequena existência com grande força de revelação, e ele sente que está emergindo em luz gloriosa após uma viagem triste através de um longo túnel escuro...
Source: The Notebooks of Paul Brunton
• Ouvir


... A experiência jubilosa do Eu Superior pode vir brevemente durante a meditação. Vem abruptamente. Num momento o estudante é o seu eu egoísta comum, lutando com seus pensamentos inquietos e sentimentos turbulentos; no próximo, o ego subitamente desaparece, e toda faculdade se torna quiescente. Tudo o que o discípulo deve fazer é não ser resistente à divindade que está tomando posse dele, receber com amor e não lutar laboriosamente...
Source: The Notebooks of Paul Brunton
• Ouvir





Your friends Email:
Your Email:

The notebooks are copyright © 1984-1989 The Paul Brunton Philosophic Foundation

This site is run by Paul Brunton-stiftelsen · info@paulbruntondailynote.se